Você já foi humilhado no trabalho?




Muitas discussões sobre o mundo do trabalho falam sobre chefias ou pares tóxicos. Olhamos para as relações dentro da empresa e nos esquecemos que há uma outra acontecendo, com o cliente.


Se você acompanhou as redes sociais na semana passada, certamente viu o vídeo de um médico que na posição de paciente ofendeu uma enfermeira usando sua profissão como poder para humilhá-la e ameaçá-la.


No programa da Fátima Bernardes, na última segunda-feira a enfermeira do vídeo foi entrevistada e começou uma discussão importante sobre humilhação no trabalho, onde é o cliente que oprime e desrespeita.


ASSISTA EM: https://gshow.globo.com/programas/encontro-com-fatima-bernardes/noticia/tecnica-de-enfermagem-xingada-por-medico-desabafa-no-encontro-deu-vontade-de-chorar.ghtml


É como seu houvesse uma impressão errada de que isso é “normal”, talvez fruto daquela máxima de que o cliente tem sempre razão. Pode ser que por isso, ainda tenhamos tanta dificuldade de nos impor quando algo assim acontece.


Abraham Lincoln, lá no século 19 disse uma frase emblemática sobre esse tema - “Se quiser pôr à prova o caráter de um homem, dê-lhe poder.” Pois é, poder nem sempre expõem o nosso melhor e é preciso aprender a lidar com ele. Basicamente, a mínima condição de poder dá a algumas pessoas a impressão domínio e libera uma capacidade indiscutível de ultraje e é desse ponto que as situações de humilhação acontecem.


Essa discussão deve ir além de uma visão sobre moral e caráter, há um comportamento enraizado e cultural, principalmente em algumas profissões. Por isso, é importantíssimo que as empresas olhem mais profundamente para o desenvolvimento de pessoas e apoiem a mudança de mentalidade.


No Zero, trabalhamos com a análise do perfil comportamental como base fundamental de qualquer projeto que envolva mudança de cultura. Para nós, é fundamental apoiar líderes e demais profissionais no caminho da autoconsciência e na cocriação de uma trilha de desenvolvimento de pessoas que faça sentido para cada equipe e que respeita o tempo interno de cada um.


Conta para a gente. Você já foi humilhado no trabalho?


Andressa Bristotti.