A coragem de dizer SIM quando o mundo inteiro fala NÃO

Atualizado: Jun 5


Você sabe como começou a história de amor do John Lennon e da Yoko Ono? Em 1966 o ex-Beatle visitou uma galeria de arte em Londres, onde uma instalação artística chamou sua atenção. Ele subiu uma escada até o teto e no topo, com o auxílio de uma lupa,conseguiu ler a palavra “sim”. Segundo o próprio músico, ele ficou encantado pela artista que teve coragem de falar SIM quando o mundo inteiro falava não.


Se eu perguntasse agora o que você não quer para a sua carreira, tenho a impressão que facilmente você levantaria uma lista de itens que entram em desacordo com seus desejos. Porém, se a pergunta fosse o que você quer de verdade, tenho certeza que grande parte das pessoas travariam para responder.


Dizer SIM para algo, muitas vezes, envolve abrir mão de outras coisas e inclui arriscar uma escolha que não temos certeza se é a melhor ou não. É não ter controle da consequência da decisão e se colocar vulnerável diante do desconhecido.


É uma forma de exercitar a fé, a crença em si mesmo e na própria capacidade de escolha. Talvez aqui esteja o grande desafio: você se conhece o suficiente para acreditar nos seus desejos?Arrisco dizer que a maior parte de nós ainda não têm uma relação muito íntima consigo mesmo. Conhecer esse ser que habita a nossa essência é como abrir uma caixa de Pandora de algumas coisas maravilhosas e outras extremamente desagradáveis. Porém, após aberta a gente não quer mais fechar e fica se perguntando porque passamos tanto tempo sem olhar para dentro.


Autoconhecimento é a única forma de dizermos sim de verdade. É o caminho para o mar de oportunidades que perdemos por medo de escolher. É um ato de coragem definitivo para a mudança que tanto queremos ver acontecer na nossa vida.


Andressa Bristotti.

“Conhece-te a Ti mesmo e conhecerás todo o universo e os deuses, porque se o que procuras não achares primeiro dentro de ti mesmo, não acharás em lugar algum”- frase do Templo de Delfos na Grécia.